terça-feira, 18 de setembro de 2007

O Amigo Guerreiro

Temos que reverenciar aqueles que se sacrificam pelos outros. Quando as peças do jogo parecem não encaixar e a conta promete ficar desigual, lá estão eles dispostos a salvar a noite dos camaradas. O post de hoje é uma homenagem a esse tipo, o chamado "Amigo Guerreiro".

Em um de seus "reveillons" por esse país, o nosso camisa 9, que acabara de acordar e almoçar, voltava ao quarto da pousada para um demorado banho de água gelada. Ele estava na Bahia e a única coisa que se via pelos arredores era diversão, azaração e muita música.Já dentro do box, ouve uns gritos: eram seus amigos (três matadores nessa Copa do Mundo do flerte) gritando seu nome da porta da pousada.

- Qual foi, fera?, nosso atacante pergunta, após sair do banho.- Desce aí, desce aí que tem coisa boa pra gente!, instigam.Nosso artilheiro que não era bobo atendeu prontamente à convocação.

Vestiu um short, e de toalha dobrada na nuca desceu as escadas. Seus amigos não estavam blefando e ao chegar na portaria, o protagonista teve uma bela visão.

Os três amigos estavam conversando com quatro mulheres e o papo ia "de vento em popa". Com a chegada do nosso camisa 9, o número da conta ficava par. As conversas iniciais começaram e um audacioso convite feito pelos rapazes colocou aqueles oito corpos dentro do quarto da pousada.

Papo vai, papo vem e nada de rolar o primeiro beijo. Apesar do cenário equilibrado, um deles teria que fazer uso da intrepidez humana: entre as quatro havia uma INHA (Dúvida? Consulte o post do dia 17/08).

Nosso camisa 9 sempre admirou a "guerreiragem" e coragem de um dos daqueles três amigos que estavam na viagem. E esse amigo não iria decepcioná-lo. A cena é daquelas: eram quatro homens e quatro mulheres dentro de um quarto.

Na cabeça de cada um rodava a pergunta: "Po, vou nessa ou naquela ali?" (...) "Que dúvida. Será melhor chegar na loirinha ou nessa morena?".

O que faltava, queridos leitores?

E foi nesse momento de incertezas e veleidades, que o "Amigo Coragem" cumpriu seu papel histórico e fundamental para a alegria de todos os outros.

Sem dar mais tempo para papo furado, ele tomou atitude. Com admirável ação e desenvoltura, lá foi o "amigo coragem" para cima da INHA. Foi a deixa... no beijo do primeiro casal todos os outros se formaram rapidamente e começou a pegação generalizada.

Foi um tal de beijar uma, respirar um pouco, beijar a outra, que, por sinal, era melhor ainda. Nosso camisa 9 foi "frio" como todo artilheiro consagrado: atacou apenas duas meninas (que em sua opinião eram as mais bonitas).

Lembranças desses dias são as mais agradáveis. Ficou faltando o gol, nosso craque reconhece. Mas diante da situação foi feito o que dava. É que dois dos amigos voltariam de ônibus para o Rio ainda naquela tarde e não podiam demorar muito na pousada. O vuco-vuco final, então, ficou marcado para maistarde, só que, apenas, para metade deles. As meninas se despediram e prometeram ao camisa 9 e seu "Amigo Guerreiro" que passariam de noite na pousada.

***

Salve, salve o Amigo Coragem! Valente guerreiro da azaração! Figura indispensável e sempre bem-vinda. Se não fosse ele o que seria de nós?

Bem, essa história nos faz analisar um outro lado: se o cenário fosse o inverso, se entre os quatro personagens houvesse um INHO. Será que alguma delas iria partir pra cima e salvar a tarde das amigas?

Será que alguma de vocês poderia responder a questão? Ok, ok, vocês tem a primavera inteira para pensar!

10 comentários:

Luana disse...

Mermão, é claro que o tal cara só foi em busca da inha pq esperava sexo de alguma forma.
Não dá pra ficar comparando, se fosse mulher não iria se não gostasse do cara. Não forcaria a barra pensando no depois.

Daniel disse...

Hum....interessante, já escutei uma história parecida....passada em Porto Seguro!!!! nessa historia a tal INHA era realmente um monstro bizarro da caverna, uma mistura Didi mocó com Iranildo!!!!!!!Mas graças a Deus em todo time de sucesso tem o cabeça de área para fazer o trabalho sujo.....

Meia Armador disse...

Acho q a luana não entendeu o espirito de equipe e principalmente a tatica da alternancia usada pelo time nesse classico... o jogador em questão era um daqueles meias armadores natos, tipo raro hj em nosso futebol e na vida em geral. E como bom meia armador q é ele primeiramente organizou toda a jogada e botou os amigos na cara do gol, como o objetivo maximo do nosso esporte é o gol o primeiro dessa partida foi feio, de canela ... nada q impedisse o de placa posteriormente, aquele de bicicleta, digno de um craque do meio campo.

Guilherme Dowan disse...

Também escutei uma historia parecida com essa ... as vezes pode ser até a msm. Tinha até um zagueiro-zagueiro no time, aquele q nao ataca muito e de vez em quando sobe pra uma cobrança de escanteio, raramente faz um gol a não ser qnd a bola do cobrador vem certinha na medida na cabeça do botinudo hahahahahahaaha

Pablo disse...

Essa viagem teve foi história... e essa camisa 9 não decpcionou em nenhuma... Na condição de capitão de time aliado, não só aprovo como recomendo a ação, presteza, coragem e desenvoltura desse profissional da farpação! Uns vêm, outros vão... mas como dizem por aí... "quem foi rei, nunca perde a majestade"!

ellen disse...

Vcs falam como se ninguém do time fosse INHO... só rindo mesmo!
Vai me dizer que os quatro eram gatões, fala sério! hahaha

Lateral direito disse...

Ellen, vou pedir para os amigos do blog divulgarem uma foto do time q estava atuando junto nessa partida ... na verdade acho q era exatamente essa a sua intenção com o seu comentario. Depois vc msm vai lá e aponta um INHO.

vanessa disse...

Eles falam como se não tivesse nenhum INHO entre eles... os gatões artilheiros...rsss

mas respondendo a pergunta ( eu não preciso da primavera toda para pensar rss...)acho que se o INHO em questão tivesse um papo legal, fosse agradável,com um mínimo de inteligência até rolaria...

observador disse...

então deve ter sido isso msm q aconteceu com o pessoal q estava em campo nesse jogo, a INHA devia ser a mais legal de todas, a mais simpatica e agradavel, e foi por isso q o amigo guerreiro foi pra cima ...

Anônimo disse...

To conhecendo o blog de vcs hoje.. lendo desde o começo.. e não consegui não comentar esse post.. amigos.. acreditem.. sem hipocrisia.. tem sim amigas legais!! Pelo menos entre eu e minhas amigas, a única diferença é que não deixamos a bomba sempre pra mesma!!! kkkkk

Vou continuar lendo...

Estou adorando!! E aprendendo!!