terça-feira, 9 de outubro de 2007

A Pé de Freezer!

Amigos, amigos não se deixem enganar. O post de hoje é na verdade um alerta contra a "Pé de Freezer", figura que leva azar ao seu clube do coração justo naqueles dias que ele não pode perder. Bem, respeitamos quem pensa diferente, mas futebol é paixão nacional e com paixão não se brinca!!

Todo dia de jogo, torcedores como nós, artilheiros da night carioca, fazem seu ritual a caminho do estádio. Muitas horas antes, começam as ligações. Os amigos querem saber onde se encontrar e a resposta está na ponta da língua: "no lugar de sempre, ora!".

E lá vamos nós, apaixonados e sempre acreditando na vitória. Só que, adaptando Carlos Drumond de Andrade, "no meio do caminho tinha uma pé de freezer". Elas surgem, geralmente em dias de clássico, quando tudo pode acontecer no Maracanã.

Nossos craques estavam temerosos, sabiam que Elas poderiam estar por perto. E bastou um minuto de jogo para que elas se revelassem: "AAAAaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhh!".

Não sabemos o que passa na cabeça das "Pé de Freezer", mas quando o ataque adversário ameaça a nossa zaga, elas abrem o berreiro. Na verdade basta que a bola seja alçada na área, ainda que sem perigo de gol. Talvez pensem que com o grito irão afastar nossos antagonistas. (Bem, é bem capaz que um dia isso realmente aconteça). Ao final dos gritos, as "Pé de Freezer" sempre soltam a pérola: "Ai, desculpa, mas eu não consigo (deixar de gritar)".

Exatamente, nobres! No último clássico, elas estavam lá na arquibancada e pior, estavam ao lado dos nossos personagens. (Opa, opa não estamos dizendo que todas as mulheres dão azar ao time. Por isso iremos mostrar como identificar as Pé de Freezer).

O grito é praticamente o mesmo que elas dão quando aquela famosíssima grife resolve fazer uma super-liquidação. A mulherada chega na porta da loja seis horas antes de abrir. E quando o sinal verde aparece: "AAAAaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhh!". Sacou?!

Vocês já perceberam isso? É uma loucura. Parece que seriam capazes de matar um bicho com o grito. Podem até duvidar, mas o ambulante que vendia cerveja na frente delas no momento do ataque adversário, perdeu o equilíbrio após o temido grito.

A "Pé de Freezer", geralmente, não entende muito de futebol. Ela vai ao estádio porque alguém disse que tá virando "modinha" ou porque depois do jogo ela vai para alguma night e o estádio fica no caminho, alguns amigos estarão por lá, enfim...

E quando o nosso time tá ganhado e elas começam a pegar os celulares e ligar para os amigos que torcem pro time que está perdendo????

- Iááááá.... tá perdendo!, zoam, esquecendo que o jogo tem, pelo menos 90 minutos.

É, camaradas, isso é quase uma senha para a virada do adversário!

As Pé de Freezer se superam e são capazes de perguntas do tipo: "Quanto tá o jogo?". Elas esquecem que há um placar enorme nas laterais ou ao fundo do campo. Há outras frases que bem caracterizam a Pé de Freezer:

- Putz, não tem replay?.

- Pó, daqui nem dá pra ver a perna do camisa 8.

- Me explica de novo aquela coisa de impedimento?

A dor de ouvir isso só não é maior que deixar o Maraca após uma derrota. Meus amigos e amigas, por tardes de domingo mais alegres e um início de semana sem gozações alheias, evitem levar as Pé de Freezer ao estádio!

5 comentários:

Lisandra disse...

Não sei pq algumas mulheres que não entendem nem gostam verdadeiramente de futebol ainda pagam um mico desses indo a estádios de futebol. Tudo para vigiar namorado? Não compensa, garotas.

Bárbara disse...

hAUhauHAUahuHA... AH PÁRA... A GENTE NEM GRITA TANTO ASSIM... BJO PROS ARTILHEIROS

vanessa disse...

putzz

pra que essas figuras vão?
pra serem zoadas mesmo
merecem
a culpa é realmente delas.

Roberta disse...

Dessa vez eu assumo...A CULPA É DELAS!!!

E estou feliz, porque felizmente não sou pé de freezer, acabei de voltar do Maraca e meu time ganhou...
=)


Adoro o blog de vocês e sempre me divirto!!!


Beijos

Rodrigo Rozendo disse...

SAUDAÇÕES TRICOLORES!!!!!!!!