terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Que amizade bonita!

Amigos, amigos... é cada uma que aparece. Um nobre artilheiro e assíduo goleador da noite carioca conheceu recentemente um tipo de amizade, digamos.... distinta!!!

Meneando por uma festinha na Tijuca, nosso camarada logo se encantou por uma loirinha dos olhos claros. Rapaz sagaz, dotando da arte da manobra, iniciou um papo permeado pelos mais diversos assuntos.

Ela adorou e, por iniciativa própria, foi ao ataque... isso mesmo, ela agarrou o protagonista. Que alegria... "eram os ares do carnaval que já tomavam a cidade maravilhosa...", pensou nosso amigo!

Depois de beijos, abraços e palavrinhas ao pé do ouvido, o centroavante levou a encantadora loirinha para um centro de lazer, que vulgarmente é conhecido como motel.

Após uma atuação de classe, tendo a moça correspondido à altura e mostrado invejável desenvoltura, o casal voltou a conversar.

Em certo momento, a moça quis saber se nosso amigo era comprometido.

- Então... eu sou enrolado, né?! Você sabe como é...
- Ah... sei!, respondeu ela.

Por alguns segundos, o atacante imaginou que o romance tinha acabado ali... afinal de contas, ele acabara de revelar que não estaria tão disponível dali pra frente. Eh meu nobres, mas rola cada surpresa nessa Copa do Mundo.

- Não tem problema... a gente pode ser “amigo de sexo”, né?!

***
HAHAHAHAHAHA..... É o auge, não acham?

E dizem que a amizade entre homem e mulher não existe!!!

O problema é que umas querem essa “amizade”, outras não. E quando os artilheiros se apegam a esse tipo de “clima amistoso”, surgem umas que detonam as intenções... mas aí, queridos leitores, a culpa não é nossa!!!

Um brinde à amizade!

3 comentários:

Anônimo disse...

é, tem homem que só serve pra isso mesmo... hahahahhaha

Kátia Barros disse...

Mundo moderno! Já imaginou ir para o tal local de lazer e ficar conversando sobre os amores mal resolvidos do amigo?e, pior, dar conselhos femininos? Rs isso já aconteceu comigo! Supra sumo dessa nova modalidade de relacionamento né? bjs

Aparece lá no Balzaquianas

Kátia

Anônimo disse...

Ah estão supresos? Sim mulher também gosta muuuito de sexo!
Mas uma mocinha querer alguém para fazer apenas isso (como aliás vocÊs vivem fazendo) é demais para o moralismo machista dos artilheiros ahm?