terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Quantas?!

Esses dias o comentário de uma leitora deste blog chamou a nossa atenção. Em seu discurso ela afirmou: “mandou bem... isso não significa dar 20 sem cansar, meninos”.

Nós também achamos que mandar bem entre quatro paredes não tem nada a ver com a quantidade de vezes que “se chega lá”. Até porque somos de carne...

Bem, mesmo sabendo que podemos ser alvos de futuros comentários do tipo: “artilheiro que é artilheiro dá sete numa noite”, iremos abordar esse assunto com bastante sinceridade.

É possível que a maioria concorde com a gente: tudo depende do momento e das pessoas. Nenhuma relação a dois (pelo menos com a gente) é no estilo “automático”!!!

Mas na grande maioria das vezes, e por limitações humanas, o ideal é dar uma beeeeem dada. Bater um papo e partir pra segunda, com carinho, vontade etc, etc, etc. A terceira, geralmente, acontece. E é sempre na base daquela vontade incontrolável.

Pois bem... certa vez um de nossos artilheiros conheceu uma mocinha numa festa, na Barra da Tijuca.

- “Eu sou atleta. Pratico tal esporte, no clube tal”, apresentou-se.

Nosso amigo achou legal, mas não por muito tempo.

Na segunda vez que foram ao “centro de lazer e conveniências”, a tal da atleta parecia incansável.

A primeira foi rápida. Cinco minutinhos depois, ela pulou em cima e começou a segunda.

Minha gente, nós somos jovens, mas também somos boêmios, passamos noites em claro, estamos sempre molhando a palavra, enfim... trata-se de uma vida que por si só exige demais dos baluartes.

Continuando... quando menos esperava a menina emendou a terceira. Nessa altura, as pernas do atacante já estavam começando a bambear. Mas ele é brasileiro e não desiste nunca!

O pior de tudo é que a tal atleta não queria dar aqueles tradicionais 20 minutinhos de descanso. Na tentativa de iniciar a quarta, ela repetia de dois em dois minutos: “E aí, já descansou?!”, “Vamos lá?”, “ó, vai acabar o tempo do motel”.

A quarta foi na base da raça, no sufoco e até um pouco no talento teatral.

Ao fim, nosso cansado protagonista, virou-se pro lado, procurou um copa d´água e relaxou... exausto. Na cabeça, um único pensamento: “Consegui... consegui”.

E quando já dava como certo a vitória sobre suas limitações e sobre o desejo incontrolável da companheira, ela soltou a pérola:

“Mais uma pra fechar, né?!”

***
sAi dE bAIxO, gALeRa...

Só faltava, depois de tudo, a mocinha ainda virar pro nosso camarada e dizer: “Vai... vai... agora na velocidade cincoooooo.....”

Poo... precisava disso tudo?!

7 comentários:

Anônimo disse...

Hauhauhaa, mermão, vou te falar uma parada: elas tão achando que é no botãozinho, aperta o play e "Xilépiti" na perseguida.

Vamos lá, começa pelo seguinte: existe uma grande diferença entre os brinquedos, concorda? Não vou nem citar, já q tds estão "carecas" de saber... E se por um acaso vc chega e vai de uma vez só? Elas reclamam e dizem q tem q rolar uma excitação (leia-se lubrificação)... Conosco é a mesma coisa (calma, não vou pedir KY), à partir da 2ª tem q brincar com o boneco, não é só chegar montar e falar:
- Bora, vamo nessa Tigrão!!!

Se fizerem o serviço bem feitinho, não vai faltar... Não é camisa 11?

Abs,

CP

Anônimo disse...

Tudo bem que ela precisa ter noção de que as coisas não são automáticas assim... mas se vc deu 4, é pq algum estímulo teve, né?
Da próxima, toma viagra que vc chega até a velocidade 10!

CRÉEEEEEEEEEEEEEU! CRÉEEEEEEEEEEEEEU!
CRÉEEEEEEEEEEEEEU! CRÉEEEEEEEEEEEEEU!

Senhoritas XXX disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Senhoritas XXX disse...

Já vi que vocês passaram dos 30 anos!
Namorei artilheiros que aos 20 anos emplacavam 8 gols sem chorar. E com categoria!
Porém, dia desses, uma das espiãs pegou um garotão de 25 anos que parou na metade do caminho. Não engrenou nem a velocidade 1.
Vai virar post no blog.
Em breve.

Anônimo disse...

Existe um certo mito... na maioria das vezes eu tenho muito mais disposição que os artilheiros nesses momentos. E não raro, acabo ficando a ver navios mesmo...
Rapazes, vamos manerar na esbórnia e guardar o folego pro que importa!
E pelo amor de deus! Dormir eu durmo em casa, levou pro motel esquece o sono!

Anônimo disse...

Quatro e ela ainda reclamou????

Será que ela pensava que disputava algum campeonato???

Que estava fazendo filmagens de filme pornô???

Queria entrar para o Guiness Book???

Quatro bem dadas estão de bom tamanho.

E como diria Mart'nalia, E LAMBA!!!

Maíra disse...

Não tem placar do lado da cama não galera! hahah Melhor que fazer corrido é realemnte fazer bem feito.