sexta-feira, 14 de novembro de 2008

A guerra dos sexos!

O que iremos mostrar no post de hoje é algo surpreendente. Um atacante e uma mocinha, ambos ex-colegas de trabalho de um de nossos artilheiros, travaram recentemente uma discussão via msn. O papo estava ameno no início. Nosso amigo e a moça divergiram sobre a foto que ele havia colocado em exibição em seu msn. O craque fez um brincadeira e resolveu provocar a danada, que sem perceber caiu na pilha.

A moça pediu que nosso personagem trocasse a foto e ele se recusou.

Ele: Está linda (a foto). Mulher gosta de homem feio.
Ela: Está enganado.

Nosso amigo iniciou a pilha.

Ele: Quem gosta de homem bonito é viado. Mulher gosta de dinheiro.
Ela: Você está com um papo de corno.

O problema, queridos leitores, é que a mocinha disparou sem dó e sem piedade.

Ele: Corno? Nunca fui.
Ela: Você deve estar se referindo a sua mãe... com todo o respeito! (Nesse momento, a sapeca quis dizer que a mãe do jovem centroavante gostava de homem feio. No caso, a progenitor do nosso amigo).

Ele: Pesquisa recente mostra que os homens sabem identificar mais os indícios de traição.
Ela: Porque levam mais chifres.

Com a guerra declarada, o personagem decidiu investir pesado e soltou pérolas do machismo durante a conversa.

Ele: Mulheres deveriam ficar em casa. Lavando a louça. E arrumando a casa.
Ela: Por isso você vive só.
Ele: E falando mal dos vizinhos.

Apesar de essa ser uma das "pilhas" mais absurdas e baseada em um pensamento totalmente retrógrado, a mocinha caiu e partiu pro contra-ataque.

Ela: Este teu discurso é de covarde, porque tem medo de encarar e disputar o mundo com as mulheres.
Ele: É extamente o contrário. Essa dispusta não deveria acontecer em primeiro lugar. Sacou? Vocês é que complicam tudo.
Ela: Porque não é justo, nossa capacidade de competição é bem maior...

Sagaz, o "Velha Guarda da Pilha Alheia" contou uma "histórinha". Disse que um professor dele havia dito que quando certa empresa vai negociar com um ou dois empresários, eles levam três executivos para "intimidar". Quando sabem que haverá uma mulher do outro lado da negociação, eles também levam uma mulher. "Para ficarem discutindo besteira, enquanto os homens fecham negócio", explicou o mocinho.

A pequena ficou irada. Como ambos tinham acabado de deixar a mesma empresa há pouco tempo, ela começou a comparar rendimentos.

Ela: Fala sério. Trabalho muito mais que vocês, fracos sem disposição!
Ele: Hahaha... Vocês fazem social. A gente é eficiente. Vocês ficam falando besteira no trabalho.
Ela: A gente faz social porque vocês babacas páram tudo quando entra uma mulher nova num ambiente de trabalho. Todos ficam admirando, babando como um cão sarnento.
Ele: Claro. Por isso, mulheres no Oriente usam turbante: para não atrapalhar nossas vidas.

Mesmo depois dessa, a mocinha não percebeu que era pura pilha.

Ela: Os homens são fracóides e tentam ofuscar as mulheres para não serem ofuscados pelo brilho delas.
Ele: Você tem sério problemas com os homens, mocinha

Nesse momento, ela perdeu as estribeiras e soltou sem dó:

Ela: Sou melhor que muitos merdas daquela redação. (Disse a moça numa referência aos ex-colegas de trabalho).

O centroavante ligou a pilha na velocidade 5:
Ele: Quem chegou à lua? O homem. Quem inventou o carro? O homem. Quem inventou o avião? O homem.
Ela: Quem pensa é a mulher, os homens são paus mandados.

A ira era tanta, que ela começou a atacar os amigos que o atacante fez no trabalho:

Ela: Você está com o discurso idiota como o Camisa 27 (que tem histórias publicadas nesse blog) e companhia. Não é a toa que se identifica com esse povinho medíocre.
Ele: Eles são meus amigos.
Ela: Chama aquela panela de amigos? Você tá mal de amizade mesmo...
Ele: Você, ao contrário, não fez amigos na redação.
Ela: Fiz váááááários. Muito mais cabeças.
Ele: É. Tipo o editor que tentou te pegar? Chama isso de talento?

Bem, nobres leitores, daí pra baixo a baixaria rolou. A mocinha ficou ainda mais irada e continuou com sua metralhadora giratória.

Ela: "Tenho fontes, tenho capacidade de ganhar a confiança do chefe e SEGURAR UM CADERNO SOZINHA". (Caderno, no caso, é um suplemento do jornal)

Por fim, discutiram sobre o que cada um fez enquanto esteve na empresa, até que ela disparou:

Ela: TERMINEI COM SUCESSO.
Ele: Então porque não ficou lá (no emprego)?
Ela: AINDA VOLTAREI.
Ele: Pff
Ela: AGORA VOCÊ, NÃO SEI.

Minutos e farpas depois, nosso protagonista terminou a conversa de forma amigável, mesmo tendo provado do descontrole da mocinha:

Ele: Você é muito engraçada. Vou nessa, querida. A praia me chama. Beijos!

***
Na sua opinião qual foi a melhor frase da mocinha:

(a) - "Trabalho muito mais que vocês, fracos sem disposição!"
(b) - "Chama aquela panela de amigos? Você tá mal de amizade mesmo..."
(c) - "A gente faz social porque vocês babacas páram tudo quando entra uma mulher nova num ambiente de trabalho".
(d) - AINDA VOLTAREI.

Com uma ex-colega de trabalho assim, quem precisa de inimigo?

A Culpa É Delas!

15 comentários:

Lu Ribeiro disse...

sem dúvida, a melhor frase foi "ainda voltarei"... quanto rancor nesse coração... parece até o esqueleto no fim do desenho do He-man...abs

Anônimo disse...

O nível tá caindo, hein... =/

Paulinha disse...

Mto bom, meninos! Essa aí é daquelas... voto na opção b! bjo a todos! Adoro o blog!

MarinaG disse...

A melhor semn dúvida:

Ele: Pesquisa recente mostra que os homens sabem identificar mais os indícios de traição.

Ela: Porque levam mais chifres.

Anônimo disse...

Pô, mas essa mulher não serve de exemplo, porque ela é maluca, no sentido literal da palavra. e posso afirmar com propriedade porque já trabalhei com ela!

Anônimo disse...

Editor eu não sei, mas teve fotógrafo que passou o rodo nessa aí...

Sergio Brandão disse...

Fico com a opção "D", apesar de achar que ainda houve outras "bem melhores" do que essa durante a conversa...

Kika® disse...

"AINDA VOLTAREI" é a melhor. Embora se eu fosse ele, não andaria sozinho no meio da rua à noite... Deu medo essa frase...

thaisinha disse...

hahaha, essa garota é muito maluca, gente.

Celamar Maione disse...

Ela está interessada no cara e ele nem aí pra ela.
Essa é a verdadeira " mate leão", se queima á toa.
Mas homem gosta de colocar uma pilha...e mulher é bicho bobo, cai que nem patinho.
Fico com a letra A.
Adorei o blog.
Bom.
Muito bom.

Moura disse...

Nenhuma das opções. A melhor frase é "Claro. Por isso, mulheres no Oriente usam turbante: para não atrapalhar nossas vidas."

Hahahahahahaha...

Adooooooooooro o blog!!

Bjs.
Mari Moura

Priscila Keller disse...

Que escroto, vocês são uns medíocres e babacas mesmo, divulgando minha conversa assim.

Brigadeirão disse...

AINDA VOLTAREI é tudo! Que medo! ahahahaah

Anônimo disse...

Ahuahuahuahua, to rindo pra caralho aqui, já identifiquei os personagens...rs
A frase sem dúvida é "Ainda Voltarei" ahuahuahuahuahuahua

Abs

Anônimo disse...

as frase k eu mais gostei foi a c, mas a culpa ñ é nada das mulheres voces os homens é k~são uns maxistas