terça-feira, 23 de junho de 2009

A tal da Baranga

Quando algum atacante encara uma INHA (gordINHA, baixINHA ou FeINHA), ainda é possível ver beleza no embate. Esse alvo, no entanto, é bem diferente de um outro tipo: as barangas.

Amigos e leitores do blog, tenham cuidado com as barangas! Essa espécie é capaz de tudo. Vocês vão entender!

Nosso artilheiro estava em uma festinha numa boate na Zona Sul e viu que uma sorridente baranga não parava de olhá-lo. Ele ignorou, mas, minutos depois, o maior dos aliados desse tipo de mocinha, o excesso de álcool, fez urubu virar meu louro!

Dominado, o atacante acabou nos braços daquela mocinha.

A noite teve uma esticada e muitos sorrisos pela madrugada. Mas não passou disso. A semana correu e os dois não voltaram a se encontrar.

Cerca de 20 dias depois do embate, o craque e a baranga ficaram cara a cara no tradicional samba mensal da Praça Mauá.

Nosso atacante, habilidoso conquistador da noite carioca, já estava em nova companhia. Quando resolveu circular pela multidão em busca de banheiro, acabou esbarrando na baranga. E ela foi direta ao assunto.

- Vi que você está acompanhado.
- É. Tudo bem com você?!
- É sua namorada?
- Deixa isso pra lá. Tenho que ir ao banheiro.

Babando, sabe-se lá porque, a mocinha disparou.
- Que raiva! Você não podia ter vindo acompanhado. Eu tenho ódio de você!

Estão surpresos? O atacante também ficou. Mas de uma baranga é sempre possível esperar coisa pior.

Um gingado pra cá, um drible pra lá e nosso matador deixou a danada pra trás. E só foi vê-la novamente horas depois.

Nos braços de sua nova conquista, o Don Juan dos Trópicos avistou a baranga uns dois ou três passos atrás dele.

Ele permaneceu de costas e, abraçado à sua nova paixão, deixou a nova mocinha olhando na direção da baranga, que acompanhada por uma amiga, igualmente baranga, fingia não perceber a presença do atleta.

Lá pelas tantas, num ímpeto incontrolável, uma das feiosas fingiu viver o êxtase da emoção musical. Levantou os braços, sendo que em um deles havia um copo cheio de cerveja, e abriu um sorrisão. Empolgada, ou fazendo-se de empolgada, a tribufu começou a cantar e pular. Isso, mesmo inimigas do blog, a cerveja da baranga foi lançada contra o artilheiro e contra a bela mocinha.

- “Elas jogaram cerveja na gente. Estão rindo. Você as conhece, artilheiro?”, enquadrou.
- “Vamos sair daqui. É melhor”, tentou apaziguar.
- “Que nada! Ela jogou por querer. Blá... blá... blá... blá....”, continuou a moça, até se convencida pelo jogador a sair daquele trecho.

***
Vale a pena?

O craque foi lá, mostrou serviço, fez “a alegria da galera”, mas a baranga queria mais. Inconformada com o destino, atacou o artilheiro e sua nova conquista.

Nosso amigo, ainda teve que amansar sua moça, que, feroz, pretendia trucidar a baranga.

Culpa de quem?! Ah tá...

Portanto, meus caros, se forem pegar uma baranga, que seja numa festa à fantasia!

9 comentários:

Paula disse...

Ah, meninos... nada de baraga! As gatinhas, como eu, estão por ai esperando vcs...

bjo bjo bjo

Douglas disse...

Mas o problema é que as bonitas fazem doce demais... ficam de charminho... as feias querem é bola na rede... então.... hahahaha!

Leo disse...

Pegar baranga dá azar. vc até vai na boa itneção, mas se ferra! Baranga só na festa a fantasia mesmo!

Simone disse...

"Quando algum atacante encara uma INHA (gordINHA, baixINHA ou FeINHA)"

Q é isso artilheiros? Vcs tem alguma coisa contra as baixinhas? Magoei agora ;/

Agora, vão me desculpar, mas os dois são culpados nessa história, o artilheiro tbm não deveria ter se deixado levar pelos apelos do alcool...
Afinal, esse tipo de mulher a gente saca de looooonge ;)

A culpa é delas! disse...

Simone, não se magoe! Inha é apenas uma definição (surgiu em um post de 2007, veja um trecho: "Calma aí, você não sabe o que são as “INHAS”? Poo... gordINHAS, feINHAS, baixINHAS (O ideal é que a moça tenha só uma dessas características. Se tiver as três já não é mais o caso de aplicar somente a Lei. O rapaz ganha logo um passaporte para o Paraíso por boa ação)".

Os artilheiros deste blog não têm nada contra as INHAS, pelo contrário!

Todas as mocinhas são sempre bem tratadas... afinal de contas, nessas páginas não entra perna-de-pau! rs!

Até!

Anônimo disse...

Vocês devem ser todos galãs...

Danielle Lima disse...

Meu amigo diz que mulher feia "róba"...Ohhhhh

Gabrielle disse...

eu não sei pq ainda me espanto...
gente se eu fosse homem nunca pegava mulher feia,pq se bonitas nós já somos estranhas, imagina as feias...

camiseta disse...

Ola! Muito interessante seu espaço.... gostei!
Compartilhando aqui...
Parabéns camiseta