segunda-feira, 27 de julho de 2009

A diferença

São muitas as diferenças entre amigO e amigA. Estamos nos referindo à relação que amigos do mesmo sexo têm entre si. Homens são mais amigos dos homens do que as mulheres das mulheres? Para os artilheiros deste blog, essa pergunta é fácil de ser respondida. As inimigas do A Culpa É Delas, no entanto, discordam veementemente da nossa certeza. Bem, a história de hoje, se comparada com a última que postamos, mostra com precisão o que queremos esclarecer.

Era dia de sol e nosso craque estava inspirado, como um grande artilheiro em dia de clássico perfeito. Devidamente uniformizado, ele entrou em campo: uma micareta no Rio Centro. Veloz pelos flancos e pressionando no meio, o Camisa 9 sabia que a goleada era certa.

Aos 40 do segundo tempo, depois de muitas conquistas durante o evento de música baiana, nosso craque escolheu uma mocinha e ficou paradinho com ela.

Depois de beijos acalorados, a moça sugeriu que eles saíssem juntos da micareta. Nesse momento, nosso amigo sentiu cheiro de gol.

No estacionamento, dentro do carro dela, o Desbravador do Axé Music iniciou os trabalhos. A sapeca, deveras entusiasmada, dava corda pro atleta, enquanto esperava uma amiga sair da micareta.

A pressão aumentou e o termômetro ameaçou explodir dentro do carro.

- Calma. Você vai me comer, mas não agora. Tem muita gente passando pelo carro e minha amiga está chegando – disse a pequena.

A danada da amiga percebeu o que se passara dentro do automóvel minutos antes, mas ignorou os sinais. Entrou no carro, sentou-se e fez breves comentários sobre a micareta. Nosso amigo não conseguia tirar as mãos da perna da motorista e já se preparava para entrar em campo.

A motorista, então, questionou à amiga sobre o seu destino. Jogou uma indireta, daquelas que os amigos percebem só de se olhar nos olhos.

- Ah... vou ficar um pouco lá na sua casa esperando fulano - disse a amiga.

(NA CASA DELA????, mumurou em pensamento o jovem atleta.)

Quando chegaram na casa da mocinha, o artilheiro, é claro, ofereceu umas cinco alternativas para que as redes balançassem ainda naquele dia. No entanto, a sapeca sucumbiu à vontade da “amiga-empata jogo” e dispensou o jogador prometendo uma partidinha em breve.

Acontece, meus caros, que as jogadas dificilmente se repetem. Quando a chance surge, é preciso aproveitar. Pra que deixar para amanhã, o gol que você pode fazer hoje?

Os amigos sabem disso, já as amigas...

***
Como já previra, apesar da palavra da mocinha, aquela promessa jamais se cumpriu... A hora certa era mesmo ao fim da micareta. As redes não balançaram. Culpa de quem?

Mocinhas, por que vocês empatam o jogo alheio?

(a) – Já que eu não consegui nada, não vou deixar ninguém marcar gol.
(b) – Já empatei jogo porque minha amiga, na verdade, não queria entrar em campo.
(c) – Nunca fiz isso. Juro.
(d) – Empato o jogo porque me divirto vendo a cara do atacante nessas horas.

6 comentários:

Anônimo disse...

Aposto que Elas vão marcar a letra A!!!!!

Diego Peixoto disse...

hahahahaa.. faltou um amigo do artilheiro para entrar em campo com a amiga! abs primo!

Cris disse...

Tá bom, meninos, eu confesso: D!!!

Ricardo disse...

O que não falta é diferença entre homens e mulheres, pricipalmente na hora de pagar a contam, quem é que paga? Se não for o homem elas logo tacham de pão duro!! já sofri muito com isso!!!!

Suzana disse...

Eu confesso a letra B! Observem bem: a garota podia ter ido embora e deixado a amiga lá, pra se virar pra voltar pra casa sozinha. Quando amiga chegou ela podia muito bem ter deixado-a em casa...mas, é óbvio que levou a amiga pra própria casa pra empatar o jogo!

Daniel disse...

Era vc dentro do carro no Rio Centro?