sábado, 15 de maio de 2010

A aeromoça de TPM

É difícil. Nós, homens-de-bem-cavalheiros-artilheiros, sabemos o quão difíceis são "aqueles dias". Mas, minhas caras, é preciso controle, equilibrio. Entendam: se você é uma pessoa que lida com o público é preciso que tenha paciência extra. Sabemos que não é fácil tratar bem as mais diversas pessoas desse mundo, mas se isso faz parte de seu trabalho, tenha paciência. Ou então mude de emprego, claro!

Pois bem... voando por esse brasilsão de Deus, um de nosso craques topou com uma aeromoça um pouco irritada. Ele era um dos últimos do avião e estava ansioso pela chegada da aeromoça. Tinha um pouco de fome e não via a hora de encarar um daqueles sandubas que são oferecidos durante a viagem.

Só que ainda no meio da aeronave, a moça já não estampava mais aquele tradiocional sorriso das aeromoças. E quando se aproximou dele, nada de "boa noite, senhor". Ela foi direto ao ponto, no seco mesmo:

- Então?, disse ela.
- Boa noite.
- Vai querer jantar?

E nosso amigo pensou: "po, não vai rolar o sanduba". E em seguida, quis saber:

- Quais são as opções, aeromoça?, questionou o craque.

A danada fez cara de nojinho, coçou a cabeça, respirou fundo e soltou sem dó:

- Sim ou não.

***
Aí, não dá, né?

Um pouco espantado com a resposta, nosso protagonista imaginou o que se passava com a aeroTPMoça. E para que não sobrasse pra ele, achou melhor recusar o jantar.

4 comentários:

Aeromoça de TPM disse...

eu concordo, mas pense em uma aeromoça que lida com público direto e é comum levar vários "desaforos" para casa... em dias de TPM é realmente mais difícil e não temos folga TPM... :-)


Portal Meio Aéreo

Bellatrix disse...

Fala sério. aposto que depois dessa 'patada', a fome do artilheiro passou...

Esse lance de TPM é complicado, mas as mulheres com jogo de cintura conseguem driblar a danada.

=)

golebatom.blogspot.com

Noelle Drumond disse...

Ahhh...É até um pouco legal saber que uma aeromoça fez isso, elas sempre tem aquele sorriso forçado irritante. rs

Gabrielle disse...

Consciencia sobre seu emprego e independente do mundo dela fora do avião ou dentro de si mesma era exigido que ela mantivesse compostura, se ele tivesse cara de mega alto executivo atarefado, vestisse paletó e digitasse furiosamente em seu notebook com cara de poucos amigos ela seria mais cortês... Ditado da minha mãezinha: a formiga sabe a folha que corta... eu prefiro sorrisos forçados do q patadas gratuitas...