segunda-feira, 13 de junho de 2011

A despedida

A decisão de casar mexe com qualquer pessoa. Quem leva a nova fase à sério, encara que dali pra frente, ou enquanto durar o matrimônio, só terá uma pessoa em sua vida. Uma decisão e tanto, e que em alguns casos vale muito a pena!

Foi o que aconteceu anos atrás com um casalzinho desse Brasilzão de Deus. Em determinado momento da relação, os pombinhos acharam que era a hora de juntar as escovas de dente. Estavam decididos, animados e apaixonados. Mobilizaram a família, juntaram dinheiro, marcaram a data e... disseram sim diante do padre. Que lindo!

O início foi uma maravilha. Todo dia tinha aquela "partidinha" animada, passeios românticos e muitos planos. Bem, pra melhorar, nos primeiros meses de casamento, a mocinha descobriu que estava grávida. Alegria geral, uma benção divina.

O atacante aposentado, feliz da vida, deu ao rebento o nome de um familiar. Uma homenagem e tanto. O craque, assim como a mocinha, estava realizando aquele sonho: ter uma família feliz!

O problema é que os anos passaram e o matador de antigamente percebeu que seu pequeno pupilo era um pouco diferente dele. Aos dois anos de idade, o miúdo era mais moreno, não tinha o cabelo tão liso como o do pai.

Achou estranho e, sem pestanejar, foi tirar a prova real. Silenciosamente, cortou uns fios de cabelo do pequeno e procurou um laboratório de genética:

- Por favor, um teste de DNA.

Pimba... a suspeita agora era certeza. O craque do passado, que abandonara a Copa do Mundo do Flerte em nome do "grande amor", não era o pai daquela criança.

A revolta tomou conta, os questionamentos não foram pacíficos. E a mocinha, triste e arrependida, confessou:

- Desculpe, meu amor. Dias antes de a gente se casar, eu fiz uma despedida de solteira com o meu ex-namorado e... você sabe! Foi um descuido!


***
Descuido?! No livro de regras do Jogo da Conquista isso tem outro nome!

Numa bicuda daquelas, o casamento, claro, foi lançado pra fora do estádio. E a culpa, caros amigos do blog, é... vocês sabem!

4 comentários:

Anônimo disse...

VAGABUNDA!

Anônimo disse...

CARALEO!

Abs primo!

Sergio disse...

coitado desse cara! é tipo de mulher que deveria se mudar.. sair do Rio, passar o resto da vida com vergonha! FDP!

Botelho disse...

Meu Deus.... :-O